Pensando um Segundo...

... é lógico que gostaria muito de reverter muitos traços de autismo no meu filho, pois almejo sua felicidade e independência, mas não tenho mais aquela angústia abafada no peito, desesperada por uma cura como se ele fosse um brinquedo com estragos e que eu queria a todo custo consertar. Hoje sou muito Feliz com o SEGUNDO de hoje. Curto cada momento de alegria dele , cada palavra nova, cada pequena descoberta . Acho ele tão doce... ( e marrento também, às vezes). Pelas palavras, na maioria das vezes, faltarem, ele substitui muito por gestos ou puxando minha mão para pegar o que ele quer, mas amo quando ele assiste um comercial ou ver escrito e diz: Mais Você ou “caderão do uqi”, “jorná nacioná”, armazém papaíba ou ainda quando pergunto o nome dele, da irmã, do pai e o meu(é claro) e ele responde rapidinho. E o melhor é perguntar como ele está e ele dizer: “estou apaxonado”. Se ele tem consciência do que fala? Não sei.... Só sei que o amo por tudo que faz e por aquelas que não consegue fazer. Tento não perde nada... nadinha da vida dele, pois, na vida, ele é meu professor.

Enfim como diz Dalai Lama : '' a felicidade é saber curtir o caminho e não só almejar a chegada. "

Abraços

Vilma Candido



sexta-feira, dezembro 10

Um ano novo bem arretado procês tudim !!!!


Conselhos de uma paraibana para um 2011 Da Gota Serena.
                  Apie e ouiça... 

Sobre as suas metas para o Ano Novo
  
ü    Anote os seus querê e pendure num lugar que você  avistar todo dia. 
ü     Mesmo que seus objetivos estejam lá prá baixa da égua, vale à pena correr atrás. Não se agonie e nem esmoreça. Peleje. 
ü     Se vire num cão chupando manga e mêta o pé na carreira, pois pra gente conseguir o que quer, sostô tu. 
ü    Lembre que pra ficar estribado é preciso trabalhar. Não fique só frescando. 
  
Sobre o amor 
ü  Não fique enrolando e arrudiando prá chegar junto de quem você gosta. Tome rumo, avie, se avexe, se bula. 
ü  Dê um desconto prá peste daquela cabrita que só bate fofo com você.  Aperreia ela. Vai que dá certo e nasce um bruguelim. 
ü  Você é um cosalindra. Se você ainda não tem ninguém, não pegue qualquer marmota. Escolha uma cosalindra igual a você. 
ü  Não bula no que tá quieto. Num seja avexado, pois de tanto coisar com uma, coisar com outra, você acaba mesmo é com um  chapéu de touro. 
ü  As cabritas num devem se agoniar. O certo é pastorar até encontrar alguém pai d'égua. Num devem se atracar com um cabra peba, malamanhado e fulerage. O segredo é pelejar e não desistir nunca. Num peça pinico e deixe quem quiser mangar. Um dia vai aparecer um machoréi da sua bitola. 
  
Sobre o trabalho 
  
ü  Trabalhe, num se mêta a besta. Quem num dá um prego numa barra de sabão num tem vez não.   
ü  Se você vive fumando numa quenga, puto nas calças e não aguenta mais aquele seu  chefe chéi de fulerage, tenha calma, não adianta se ispritar. 
Se ele não lhe notou até agora é porque num tá nem aí se você rala o bucho no trabalho. Procure algo melhor e cape o gato assim que puder. 
ü  Se a lida não está como você quer, num bote boneco, num se aperreie e nem fique de lundu. Saia com aquele magote de amigos pra tomar uns mé. 
Tome umas meiotas e conte uma ruma de piadas que tudo melhora. 
  
Sobre a sua vidinha 
ü  Você já é um cagado só por estar vivo. Pense nisso. 
ü  Cuide bem dos bruguelos e da mulher. Dê sempre mais que o sustento, pois eles lhe dão o aconchego no fim da lida. 
ü  Não fique resmungando e batendo no quengo por besteira. Seje macho e pense positivo. 
ü  Num se avexe, num se aperreie e nem se agonie. Num é nas carreira que se esfola um preá. 
  
Arrumação motivacional 
ü  No forró da entrada do ano, coma aquela gororoba até encher o bucho. É prá dar sorte, mas cuidado, senão dá gastura. 
ü  Tome uma lapada e tire o gosto com passarinha ou panelada que é prá num perder a mania. 
ü  Prá começar o ano dicunforça: 
  
ü  Reflita sobre as besteiras do ano passado e rebole no mato os maus pensamentos. 
ü  Murche as orêia, respire fundo e grite bem alto: Carái!
  
Sai mundiça !!! 
ü  Ah, e não esqueça do grito de guerra, que é prá dar mais sorte ainda: 
  
VÔTE, TÁCAMULESTA! 

Agora é só levantar a cabeça e desimbestar no rumo da venta que vai dar tudo certo em 2011, afinal de contas você é Paraibano. E para os que não são da terrinha, mas são doidim prá ser, nosso desejo é que sejam tão felizes quanto nós.

Abraços.

Feliz 2011

1 comentários:

jefhcardoso disse...

Oi Vilma!
Ri muito:
“E para os que não são da terrinha, mas são doidim prá ser, nosso desejo é que sejam tão felizes quanto nós.”
É que estou navegando pelos blogs paraibanos, conhecendo a Paraíba contada por seus moradores e estou cada vez mais encantado por este Estado!
“Para o legítimo sonhador não há sonho frustrado, mas sim sonho em curso” (Jefhcardoso)

Gostaria de lhe convidar para que comentasse a minha crônica “O Rio de Janeiro Continua Lindo”. Ok?
http://jefhcardoso.blogspot.com de blog em blog.

Postar um comentário

Deixe seu comentário por favor.